22 de fev de 2011

Por que vida saudável é uma questão de querer-se bem

O que é uma vida saudável pra você? Será que estamos sendo saudáveis em tudo, o tempo todo? Será que o que julgamos bom realmente é adequado?
Nesse tempo de reclusão tenho pensado em várias coisas que sabotam nossa saúde. Sim, por que é isso que fazemos, sem querer.
O tempo vem me mostrando que nem sempre o tempo disponível tem que ser esgotado. Que nem tudo que se ama tem que se desgastar até acabar. Que nem tudo que é ruim é tão horrível assim: mo mínimo, há uma boa finalidade por trás. E por fim, que a liberdade é preciosa, mas pode te levar pra longe demais, te forçando a voltar pro início.
Isso serve pra tudo, mas um dos maiores conflitos que temos explicitamente e que ilustram toda esta teoria é nossa alimentação. Tudo se reflete ali. Provado pela medicina ayurveda.

O interessante é que às vezes, pra cair na real, acontece um certo período que nos mantém em situação limitada, como a dor ou a fome, ou os dois juntos. Parece horrível, e seria, se não passasse, mas muitas reflexões acontecem de forma profunda num jejum de tudo ao mesmo tempo (comida, sexo, dinheiro, temperatura, saúde, lazer, trabalho).
Não vou ser masoquista e dizer que é o máximo, mas são estados de importância que nos ensinam algo.
Observando esta fase que passei, percebi o quanto meu corpo pedia o que estava precisando urgentemente: repouso e alimentação leve. A azia era tanta que não tinha mais vontade de comer: eu aceitava o alimento para doer menos. Comecei a selecionar.
Foi um período curto, mas me fez entender que as frutas são muito mais necessárias que eu pensava, pois não me machucavam, me refrescavam e davam alívio imediato. Era só tentar ouvir o próprio estômago que ele ditava o cardápio do dia: era tiro e queda.
O mesmo para a comida: aceitava o espinafre refogado, a salada fresca, o purê de batata, o ovo cozido, o cheiro verde como tempero único. Enjoei tudo que adorava: pão, carne, xis, iogurte, frios, chantilly, café, tempero artificial.

Nunca fui de frutas. Sempre comi de tudo acima, mas a preferência era o mais rápido, o mais temperado. Mas há mais de mês, tenho dobrado a ingestão delas, principalmente com sucos, vitaminas e lassi.
Agora estou pegando mais leve, e o legal foi a desintoxicação, ficar mais leve, aprender a dar preferência ao que é bom de fato. Claro que não vou abdicar das coisas que meu paladar curte, mas vou reconhecer melhor a gula e saber quando parar.
Quando falei de outros jejuns, é a mesma coisa. Existe um ritmo a ser respeitado se a gente ouve o corpo.
O trabalho exaustivo leva à perfeição, mas também ao desgaste, à estafa, à irritabilidade.

Observe seu ritmo. Tente perceber se as coisas que você mais gosta, ao mesmo tempo que te satisfazem de um lado, não te prejudicam de outro.

Uma descoberta: sabe aquele suco da Forever? Faço parecido. Descobri como usar a aloe vera no suco, sem sentir o gostão amargo:  raspe a polpa da aloe, umas duas folhas, e bata com água gelada e uma maçã sem casca. Uma beleza!

Aqui, um presentão que recebi e repasso: um livro muito legal que veio no email do meu restaurante natural prefereido: o Harmonia. Divirta-se!!!

Para Porto Alegre, Esteio e São Leopoldo, vou indicar, por amor à camiseta, os locais que gosto e onde você vai me encontrar quando estiver faminta passando por estas cidades!

Harmonia: Independência, 1153, São Léo. No almoço, saladas deliciosas, pratos quentes tão gostosos que nem parece comida vegetariana. No café da tarde, as delicias da padaria integral. Experimenta a torta de ameixa preta com requeijão, aahhhhhhh.....

Lancheria do parque: Avenida Osvaldo Aranha, 1086 Bom Fim, Porto Alegre.  Sim, é um local fast food, não gosto do almoço, mas o suco é bom e barato: uma jarra por três reais! Experimente ontem o suco de abacate com laranja: meu preferido. Se quiser apelar para rum xis bem gostoso, pede o salada acebolado. Amo! E ainda gasta só dez conto; cinco, se dividir com alguém. Hehehe!

Tá no forno: Rua Barão do Rio Branco, 176 Sapuca city. É pizzaria, mas tenta o wafler vegetariano ou atum: uma massa de shoarma gigante abraçada gentilmente em salada mista com molho branco...faz tele entrega:
 (51) 3474-7788

Sabbore Restaurante e Café, no Vida Bella Shopping, em Esteio: os melhores lanches, tortas, cafés, shakes, sucos e vitaminas da cidade. E baraaaatoooo!!!!


Bon apetit!

6 comentários:

andancasdelory disse...

Baby, sou adepta da alimentação saudável, embora tenha sucessivas recaídas a comidinhas hiper-calóricas.
Comigo, é uma questão de saúde e estética. Tenho hipotireoidismo e uma tendência a engordar e ter ganho no colesterol.
Aprendi desde cedo a não comer carne vermelha e agradeço muito a meus pais por isso. Um veneno a menos na minha vida.
Quando relaxo na alimentação, não sinto as mudanças apenas na balança: meu cabelo fica opaco, minha pele do rosto fica hiper oleosa e a do corpo super seca. Meu humor tb muda. Minha disposição não é a mesma.
Confesso que uma lasanha me apetece mais que um prato de salada, mas aí eu faço uma lasanha com massa integral, queijo, molho de tomate feito em casa e legumes. Fica gostosa, mata a vontade de comer lasanha e faz bem à saúde.
É uma questão de educação e de ampliar as possibilidades do que comer.
Se quiser, a gente pode trocar umas idéias. Tenho receitinhas inventadas que fazem o maior sucesso por aqui.
Beijos!

Samara L. disse...

"O trabalho exaustivo leva à perfeição, mas também ao desgaste, à estafa, à irritabilidade."
Aleluia, amiga! Te canto essa bola há uns dois anos!
Fico feliz de te ver se cuidando. Estou nessa há um bom tempo: responsável pelo minha miraculosa perda de peso!
Minha dificuldade atual é me livrar das EMOÇÕES que não servem mais. Mas chego lá.
Falar em emoções, nostalgia: esse post me deu saudade das tortas da Harmonia comidas na casa da sogre e, principalmente, dos suquinhos de abacate com laranja contigo na Lanchera! Beijos.

Daiane Ribeiro disse...

Meninas! Que bom vê-las aqui falando de outras coisas gostosas além da dança, senti essa vontade de compartilhar, pois como boa fofinha, sempre tenho lutas com meu apetite, vou adorar receber receitinhas, viu Lory? Tenho várias também!
E Sami, como Poa ficou meio contra mão pra nós agora, vamos tomar um bom café no Harmonia? Tô louca pra ir lá há dias!!! Só que o café da tarde volta só em março, nhé. Falta pouco, mas vou tentar descobrir onde podemos apetecer o paladar integral por agora!!! Beijos!!!!

CaWurch disse...

Aqui em SL ainda temos a opçao do NATURHAUS - DELICIOSO!!! (Pertinho dos Bombeiros):

Endereço:
Avenida João Corrêa, 66
Centro, São Leopoldo / RS
Horário de atendimento:

De segunda a sexta, das 7h30 às 19h. Sábado, das 8h às 16h.
Telefones:
(51) 3592-0634

Daiane Ribeiro disse...

EEEE!!! Obrigada, Carine! Estava tentando me lembrar do nome deste, já fui lá também! Vamos?

andancasdelory disse...

Então, Dai... tem uma que é fácil, fácil.
Sabe o quibe de forno?
Substitui a carne vermelha por ricota beeeeeem temperada. As vezes eu ponho ricota com atum, outras ricota com manjericão e tomate seco.
Olha, fica bom!
Outra idéia que eu amo: strogonoff de grão de bico. Ao invés de usar a carne ou o frango, vc cozinha o grão de bico, tempera a seu gosto e põe um creme de leite light. Come acompanhado de purê misto de batata com cenoura (Manteiga light e leite desnatado, tá?) e um arroz integral com vagem temperado com cebolinha. É o must!