10 de dez de 2012

Vida de bailarina


Anuncio feliz a notícia boa de hoje: minhas queridas amigas e colegas do grupo Masala foram indicadas ao Prêmio Açorianos, um dos maiores prêmios artísticos da nossa região. Quero falar um pouco sobre elas, Bruna Gomes e Fernanda Z. Razi, com muita emoção estou agora, pois me vem na memória tudo aquilo que passamos juntas na nossa caminhada na dança, sempre em busca de um espaço, tentando buscar inspiração para uma arte que sempre nos trouxe tanta satisfação como artistas, mas que nos exigiu sempre um esforço enorme, nosso e de nossas famílias e alunas, para que pudéssemos continuar a carregá-la no colo até que ela pudesse nos carregar um dia...

Muitos micos, muitos desafios, alguns desentendimentos (sempre esclarecidos), muitas falhas, muitas dores, domingos inteiros, muitas noites, nenês chorando, maridos de beiço, babás, vovós cheias de bala, fuscas voadores, viagens intermináveis de trem e ônibus, tudo na verdade maravilhoso quando conquistamos algo mais, e somos humildes, pois o máximo que pedimos em troca é consideração e presença, para contemplar por breves momentos o trabalho de muito tempo de perseverança e cumplicidade com esta arte.

É por  tudo isso que sabemos, pelos nossos encontros, pelas alunas maravilhosas, nossas Pandoras que abriram suas caixas pra nós e viabilizamos mostrar seu conteúdo, pela audácia que temos ao querer que essas caixas sejam abertas e revelem suas maravilhas, seus medos e limitações, para que juntas possamos desafiá-los e transformá-los, por tantas idéias que criam forma, volume e corpo...
...Que eu quero, minhas colegas queridas ( me tornei um ser muito ordinário):  pois não estou satisfeita só com essa indicação. Simplesmente alguma de vocês têm que ganhar. Pro inferno que tem trocentas outras danças ótimas e outros artistas. Eu desejo ardentemente que vocês ganhem.

Mesmo não estando junto no cenário atual, tudo isso que vi vocês construírem me traz um sentimento muito interessante, de que todas as apostas foram ganhas, todas as sementes deram bons frutos e sim, todas as  idéias malucas são muito sérias. E você, Bruna Gomes, deve perpetuar isso. Me identifico contigo pelos mesmos anseios, por nossas pequenas revoltas, por sermos mães e esposas, por gostarmos tanto de se divertir trabalhando e sentir que as pessoas que estão conosco nestes determinados momentos, ao menos, sentem a vida um pouco mais leve. O que sai das tuas mãos revela uma sinapse com a música e com a mente das pessoas que elas passam a reconhecer uma harmonia antes misteriosa dentro delas, que nem haviam se dado conta.  A tua criatividade, beleza e ousadia não existem em outra bailarina.

Fernanda, seu nome deveria significar "aquela que segue o rumo do seu coração". Se encaixa perfeitamente contigo: sua fé, força interior, perseverança, comprometimento (a Fê trabalha como se fosse numa empresa: prestando conta e batendo ponto, sempre no horário e levantando cedo), te fará uma grande mestra. Apesar da tua humildade exemplar, sei que o universo trabalha para isso e assim será, com todo respeito e merecimento. E toda sua criação que se materializa, tem uma qualidade e uma convicção que não se encontra em outro lugar. É a perfeita ordem de tudo aquilo que queremos ver.

A riqueza da individualidade de vocês, quando se compartilha e se exterioriza, se transforma em genialidade. Por isso nasceram e vivem como artistas. Nada é por acaso. Amo vocês. Saudade!!!

Nenhum comentário: